Caco Barcellos, Carlos Nascimento, CDN (agência fundada por João Rodarte), César Tralli, Elio Gaspari, Franklin Martins, Heródoto Barbeiro, Luis Nassif, Mauricio Bacellar, Mauricio Kubrusly e Tino Marcos. Esses foram os 12 vencedores da primeira edição do Prêmio Comunique-se, realizada em 2003. Diferentemente daquela ocasião, em que nenhuma figura feminina saiu da festa como vencedora, o “Oscar do Jornalismo Brasileiro” registra em 2018 o recorde de troféus erguidos por mulheres. Das 28 disputas, elas levaram a melhor em 16. Definitivamente, a premiação foi delas!

O indicativo de que as mulheres seriam as protagonistas da festa surgiu com a apresentação de abertura. Com o propósito de valorizar “Os Gurus do Jornalismo” e entrar no clima da Índia, o evento começou com dança ao estilo consagrado pelas produções de Bollywood. O grupo liderado pela coreógrafa Iara Ananda Romano serviu para, de modo lúdico, fazer com que os profissionais da imprensa presentes se sentissem parte da cultura do sudeste asiático. Tudo com ajuda do arranjo produzido pelo diretor artístico da premiação, Fernando Salem. Com direito a voz de um guru da locução: Cid Moreira.

Depois da apresentação e das palavras do líder maior da festa, o idealizador da premiação e CEO do grupo Comunique-se, Rodrigo Azevedo, começou a hora de iniciar a entrega de troféus aos grandes vencedores da noite. A tarefa de comandar o primeiro bloco da cerimônia coube a uma jornalista habituada a ter contato com diversas culturas mundo afora, Sônia Bridi. Ao lado da repórter que conquistar a categoria 'Correspondente' em 2007 e 2009, o comunicador que passou os últimos anos no Japão. Em terras nipônicas, Márcio Gomes não virou monge, mas se destacou como correspondente internacional. Tanto que, conforme lembrou, venceu por duas vezes a categoria do Prêmio Comunique-se, em 2015 e 2017.


Rodrigo Azevedo, o guru da festa do Prêmio Comunique-se (Arte: Rafael Levi)

As primeiras premiadas

O evento que começou com dança protagonizado por uma mulher teve na primeira categoria anunciada duas mulheres vitoriosas. Com patrocínio da Samsung, ‘Blog & Tecnologia’ reconheceu, respectivamente, os trabalhos de Andréia Sadi e Viviane Werneck. Famosa por sua atuação na cobertura dos bastidores do poder, a profissional do G1 acabou sendo responsável por algo que valoriza ainda mais a força feminina dentro da premiação e da comunicação social. Foi a primeira vez que divisão decida a blogueiros, ativa na disputa desde 2005, foi conquistada por uma mulher. Na parte tecnológica, a editora do TechTudo fez com que a disputa tivesse uma vencedora - e não vencedor - pelo terceiro ano consecutivo.

A segunda categoria anunciada também teve uma dupla feminina em destaque. Patrocinada por PayPal, Economia contou com Nathalia Arcuri no topo da divisão ‘Mídia Escrita’, devido à versão do site do projeto Me Poupe. Comentarista do ‘Estúdio I’ da GloboNews, Flávia Oliveira foi a ganhadora da briga em ‘Mídia Falada’. Em comum, as duas ergueram troféus de campeãs do Prêmio Comunique-se pela primeira vez. Na sequência, o domínio das mulheres prosseguiu com a conquista de Rosana Jatobá. Atuante na Rádio Globo, na Rede TV e no site Universo Jatobá, ela levou a melhor em ‘Sustentabilidade’, categoria patrocinada pela Ambev.

Nova “Mestra do Jornalismo”

Quarta categoria a revelar os seus vencedores, ‘Comunicação’ teve Leonardo Stamillo, do Twitter, como primeiro colocado em ‘Profissional de Comunicação Corporativa’. As outras duas divisões da parte patrocinada pela ESPM teve, mais uma vez, mulheres no comando. Por seu trabalho na BandNews FM, Época Negócios e no PropMark, Claudia Penteado foi a top em ‘Propaganda & Marketing’. Empresa fundada por Beth Garcia, a Approach acabou sendo eleita a ‘Agência’ do ano. Mais do que isso, pelas três vitórias consecutivas (2014, 2016 e 2018), a marca ganhou a placa de ‘Mestre do Jornalismo’ -- passando a integrar a galeria de notáveis da premiação.


Approach entra para a galeria de 'Mestres do Jornalismo' (Arte: Rafael Levi)

Última categoria anunciada por Sônia Bridi e Márcio Gomes, ‘Empreendedorismo’, que é patrocinada pela 99, fez com que mais uma mulher subisse ao palco do Tom Brasil. Apresentadora do programa ‘Mundo SA’, da GloboNews, Maria Prata superou os concorrentes em ‘Cobertura de Empreendedorismo’. Sócio-fundador do Nexo Jornal, Conrado Corsalette acabou vencendo em ‘Jornalista Empreendedor’. A equipe do site dirigido pelo comunicador-gestor premiado, porém, é dominada pela mulheres. De acordo com o expediente, dos 38 integrantes fixos, 20 pertencem ao sexo feminino.

Mulheres seguem em destaque

Troca na dupla de mestres de cerimônia, com Rafa Brites e Felipe Andreoli assumindo o comando da festa no lugar dos jornalistas globais. A mudança de apresentadores não afetou o domínio feminino na noite. A primeira categoria anunciada pela dupla foi ‘Nacional’. Patrocinada pela Deloitte, o núcleo teve Zileide Silva, da TV Globo, como a primeira colocada em ‘Mídia Falada’. Integrante da revista Piauí, Malu Gaspar recebeu o troféu em ‘Mídia Escrita’. Enquanto Zileide passa a ser mais uma “mestra” do Prêmio Comunique-se que volta a ganhar, Malu fica a uma conquista de entrar para a galeria de notáveis -- já que também venceu a mesma subcategoria em 2016.

Em ‘Cultura’, homens e mulheres ficaram empatados, com um troféu para cada lado. Em ‘Mídia Escrita’, o ganhador do ano foi Xico Sá, feito devido a suas colunas publicadas no El País Brasil. Apresentadora do ‘Metrópolis’, da TV Cultura, Adriana Couto foi a primeira colocada em ‘Mídia Falada’. A dupla vitoriosa recebeu os troféus das mãos de um dos “Mestres do Jornalismo” do Prêmio Comunique-se: Heródoto Barbeiro. O âncora do ‘Jornal da Record News’ foi brevemente homenageado pelos organizadores do evento. “O monge e mestre”, anunciou Cid Moreira -- em relação à religião seguida pelo consagrado jornalista.


Mestre e monge, Heródoto Barbeiro fez participação especial na festa (Arte: Rafael Levi)

O fator Boechat

Ricardo Boechat chegou ao Tom Brasil com status de ser o maior papa títulos da história do Prêmio Comunique-se. Até 2017, foram 16 vitórias. O número, porém, aumentou neste ano. O 17º troféu erguido pelo jornalista foi graças ao trabalho desenvolvido para a IstoÉ. Ele venceu em ‘Colunista de Notícia’. Boechat, inclusive, integra a galeria de mestres como colunista desde 2012 -- e também está entre os notáveis como âncora de rádio e âncora de TV. Outra divisão da categoria patrocinada pela Amil, ‘Opinião’ reconheceu a atividade de Eliane Brum, do El País.

Desde que os nomes dos finalistas do Prêmio Comunique-se 2018 foram revelados havia uma certeza, a de que a TV Globo seguiria como empregadora do profissional a levar a melhor em ‘Correspondente Internacional - Brasileiro no Exterior - Mídia Falada’. Rodrigo Alvarez foi o mais bem votado, superando os colegas Guga Chacra e Pedro Vedova e, assim, ajudando a emissora a manter a hegemonia na categoria. Profissional que se despediu do Estadão em agosto, Claudia Trevisan foi agraciada em ‘Mídia Falada’, enquanto a espanhola Alba Santandreu, da agência EFE, conquistou a parte de ‘Estrangeiro Brasil’.

A hora do time masculino

Com nova dupla de apresentadores, formada por Samantha Schmütz e Ivan Moré, a festa prosseguiu prestigiando os jornalistas que batem um bolão na cobertura do futebol e de outras modalidades. Formando uma verdadeira equipe de transmissão, a categoria ‘Esporte’, que teve patrocínio da Estácio, prestigou Luís Roberto, da TV Globo, como o melhor locutor. O repórter Tino Marcos, da mesma emissora do narrador, venceu a competição em ‘Mídia Falada’. Reconhecido analista de táticas e dados históricos do meio, Paulo Vinícius Coelho foi, devido ao blog que mantém no UOL, o ganhador em ‘Mídia Escrita’.


Boechat: o maior vencedor da história da premiação (Arte: Rafael Levi)

Na sequência de ‘Esporte’, veio mais uma categoria que valoriza o trabalho exercido por três profissionais ao decorrer dos últimos meses. Com patrocínio da Edenred, ‘Repórter’ teve como vencedora de ‘Imagem’, Marlene Bergamo, da Folhapress. Em ‘Mídia Escrita’, o ganhador foi Chico Felitti, do BuzzFeed BR. “Mestre do Jornalismo”, Caco Barcellos se tornou o maior vencedor da parte de ‘Mídia Falada’ da categoria -- com o troféu deste ano, ele supera o colega de canal Ernesto Paglia e passa a ser o único a ostentar cinco vitórias na disputa entre repórteres.

Mais um troféu para o Boechat

Agraciado como ‘Colunista de Notícia’, Ricardo Boechat foi o único a erguer dois troféus de vencedores na noite. Isso porque ele também foi anunciado como o mais bem votado pelo público em ‘ ncora de Rádio’.Desta forma, ele, que comanda as manhãs da BandNews FM, passa a contabilizar 18 vitórias no Prêmio Comunique-se. A outra parte da categoria patrocinada pela Vivo teve um estreante na lista de ganhadores da história da premiação. Rosto que aparece à frente do ‘Bom Dia, Brasil’, da TV Globo, Chico Pinheiro venceu os concorrentes em ‘ ncora de TV’.

Prestigiando mulheres do começo ao fim

Pelo segundo ano consecutivo a festa do Prêmio Comunique-se foi encerrada com a revelação de quem venceu a categoria ‘Executivo de Veículo de Comunicação’, patrocinada pelo banco Itaú. Pela segunda vez seguida, a disputa foi conquistada por uma gestora da imprensa brasileira. Aliás, a final foi composta apenas por mulheres: Thays Freitas, da Rádio Bandeirantes, e Vera Brandimarte, do Valor Econômico, viram uma jovem colega superá-las.O troféu de ganhadora ficou com Manuela Barem, do BuzzFeed BR. Assim, a premiação que começou entregando títulos a representantes do time feminino chegou ao fim com a valorização do trabalho de mais uma mulher no jornalismo. Em 2018, os resultados não deixaram dúvidas: o “Oscar do Jornalismo Brasileiro” foi das mulheres.


Evento transformou jornalistas em gurus (Arte: Rafael Levi)

Confira a lista completa de vencedores do Prêmio Comunique-se 2018:

Âncora

Rádio
Ricardo Boechat - BandNews FM

TV
Chico Pinheiro - TV Globo


Âncoras

Blog & Tecnologia

Blog
Andréia Sadi - G1

Tecnologia
Viviane Werneck - TechTudo


Blog & Tecnologia

Colunista

Notícia
Ricardo Boechat - IstoÉ

Opinião
Eliane Brum - El País


Colunistas

Comunicação

Agência
Approach

Comunicação Corporativa
Leonardo Stamillo - Twitter

Propaganda & Marketing
Claudia Penteado - BandNews FM, Época Negócios e PropMark


Comunicação

Correspondente Internacional

Brasileiro no Exterior - Mídia Escrita
Claudia Trevisan - ex-Estadão

Brasileiro no Exterior - Mídia Falada
Rodrigo Alvarez - TV Globo

Estrangeiro no Brasil
Alba Santandreu - EFE


Correspondentes internacionais

Cultura

Mídia Escrita
Xico Sá - El País

Mídia Falada
Adriana Couto - TV Cultura


Cultura

Economia

Mídia Escrita
Nathalia Arcuri - Me Poupe

Mídia Falada
Flávia Oliveira - GloboNews


Economia

Empreendedorismo

Cobertura de Empreendedorismo
Maria Prata - GloboNews

Jornalista Empreendedor
Conrado Corsalette - Nexo Jornal


Empreendedorismo

Esporte

Mídia Escrita
Paulo Vinícius Coelho - UOL

Mídia Falada
Tino Marcos - TV Globo

Locutor
Luís Roberto - TV Globo


Esporte

Executivo de Veículo de Comunicação

Manuela Barem - BuzzFeed BR


Executiva de veículo

Nacional

Mídia Escrita
Malu Gaspar - Piauí

Mídia Falada
Zileide Silva - TV Globo


Nacional

Repórter

Imagem
Marlene Bergamo - Folhapress

Mídia Escrita
Chico Felitti - BuzzFeed BR

Mídia Falada
Caco Barcellos - TV Globo


Repórteres

Sustentabilidade

Rosana Jatobá - Rádio Globo, Rede TV e Universo Jatobá


Sustentabilidade

***** ***** ***** ***** *****

Por Anderson Scardoelli.